sábado, 21 de março de 2009

Acordo tácito







(Arte: Van Gogh)

Finalmente,
agora concordamos.

Amar?
Sim, nos amamos

atravessando o silêncio
- essa ponte que desvia desencontros.

(VaneideDelmiro)

6 comentários:

Sempre em Trânsito disse...

Muitas vezes, alguma ponte nos interrompe em busca de algo, mas em determinadas situações precisamos nadar, correr ou até voar para passar por ela.

Ludmila Clio disse...

Silêncio. Não há o que dizer: pequeno, ousado, direto e liiiindo!! Parabéns, belíssima sutileza, poeta!!!!
Bjs!

Jânio Dias disse...

Só o silêncio é sincero.

Abraço!

Ludmila Clio disse...

Vai ter que ser por aqui mesmo! Muito obrigada por tuas palavras lá no copo de letras. Volte sempre, beba bastante!!! E quanto ao livro, já está garantido o teu!!
;)
Bjão!!!!!

dioni blasco disse...

Siempre acabo
Flotando
En la grasa
De la pantalla
Del ordenador

Despotricando
Precintos
de mi
Pasado

Haciendo pasar
A mi corazón
Por loco
Por tonto
Por falso

Fernanda Barata disse...

E se não é assim...