sábado, 14 de fevereiro de 2009

O pequeno herói e a princesa mignon














(Arte: http://marianamassarani.blogspot.com/)



Enquanto ouvia assustada, João relatava com indignação a crueldade de um garoto na escola que, de tipo avantajado, se sente à vontade para agredir e atemorizar crianças menores.

Carol foi uma dessas crianças que teve os lábios fortemente apertados num ato vil.

Ao observar a cena, João conta ter partido em defesa da irmã. Tão logo se aproximou puxou o braço do grandalhão e empurrou seu corpo em direção ao chão, para depois se afastarem, ele e sua irmã. O pequeno herói e a princesa mignon...

Não pude conter o meu espanto e preocupação:

"João, por favor, tome cuidado. Fique atento! Esse garoto pode..."

E sem que eu precisasse acrescentar uma só palavra, ele me disse com a doçura habitual:

"Tia, não se preocupa não, tá? O garoto é grande, mas meu amor é muito maior."


(VaneideDelmiro)



João, não me surpreende que você seja capaz de imprimir beleza e grandiosidade a um episódio que poderia, mas felizmente não ficou marcado pela maldade e covardia.
É como sempre digo: - "João, titia te ama, João!"



Abriu minha visão
O jeito que o amor
Tocando o pé no chão
Alcança as estrelas
Tem poder
De mover as montanhas
Quando quer acontecer
Derruba as barreiras...


(A Força do Amor / C. Horsth e R. Bastos)

8 comentários:

Sempre em Trânsito disse...

Muito interessante o blog, conteúdo inteligente e layout charmoso! Espero manter uma comunicação entre os blogs, abraços.

Solange Maia disse...

Vaneide,
Que delícia !
Começar um domingo encontrando um blog tão bommmmmm...
Você escreve divinamente, estou há mais de uma hora lendo seus textos, poemas, brincadeiras com as palavras... elas me tocaram, me fizeram sentir, pensar... você é ÓTIMA !
Adorei seu blog.
Parabéns !
Quando der visite meu blog também :

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Beijo !
Solange Maia

NUSA disse...

Oi F. caramba que coisa linda atitude do nosso JOÃO PEDRO. Imaginava a grandiosidade de sua coragem, mas depois desse episodio vejo que ele e muito maior do que pensei,aquele rosto fragil, delicado e tao presente nas nossas vidas. Voce realmente sabe colocar nas palavras tamanha sensibilidade. adorei, voce nao e so 10 mas 1000 vezes 10. amo voce!!!

Sempre em Trânsito disse...

Para realmente manter esse contato, estou linkando seu blog ao meu, assim acompanharei suas atualizações.

Abraços..

Thulio Phelipe disse...

Não poderia deixar de também olhar o seu blog, e dizer que também gosto muito das coisas que você escreve =D

daise disse...

Já sou fã desse João.
Beijo,

Paixão, M. disse...

Olá, Valneide :)

Tou aqui imaginando esse joão seu. não o rostinho, que poderia ser de qualquer menino da idade dele, aqui na minha mente. mas o coração dele vejo vermelho e contornado a lápis, feito aqueles desenhados no papel, feito poesia - dentro de um peito transparente.

tinha lido lá embaixo a descrição de despedida que ele fez, também..

que o bem o guarde, sempre :)

beijo pra você!

Adriana disse...

amor é assim mesmoa...